SÃO PAULO

COVID-19

Governo de São Paulo promoverá ações educativas durante a quarentena

Por Jenniffer Silva
13 de abril de 2020

Comunicado foi feito na coletiva desta segunda-feira, 13, pelo Governador do Estado

Governo do Estado de São Paulo

A partir desta terça-feira, 14, fiscais da Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, com apoio da Polícia Militar, darão orientações educativas aos comércios e serviços que descumprirem as medidas de prevenção do novo coronavírus, durante o período de quarentena.

O anúncio foi feito pelo Governador do Estado, João Dória (PDB), na coletiva de imprensa da tarde de hoje. Dados de telefonia móvel serão utilizados para localizar os pontos de aglomerações urbanas, afim de dispersar as pessoas reduzindo, com isto, o risco de contágio da COVID-19.

“Serão centenas de profissionais que o Governo de São Paulo colocará junto a estabelecimentos comerciais e comunidades para orientação adequada e a obrigatoriedade de atenderem à quarentena”, afirmou o Governador, que também reiterou que as prefeituras deverão usar as unidades municipais de Vigilância Sanitária para reforçar o programa.

O trabalho consistirá no recebimento das informações do Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo pela equipe formada por 200 fiscais. Para chegar aos resultados, o governo estadual firmou uma parceria as principais operadoras de telefonia para monitorar os índices de isolamento social e deslocamento urbano.

Os estabelecimentos não essenciais que estiveram funcionando receberão a visita da Vigilância Sanitária, que darão esclarecimentos aos comerciantes e clientes sobre a necessidade de adesão às regras de isolamento social e a quarentena.

Inicialmente, será dado ao estabelecimento uma advertência, em caso de negativa por parte do proprietário em fechar o comércio, haverá a notificação para interdição pelos órgãos municipais. As visitas serão acompanhadas pela PM.

De acordo com João Dória, a iniciativa irá percorres regiões de lazer e de grande concentração de pessoas. “Os profissionais estão autorizados a orientar agrupamentos de pessoas em praças, avenidas ou outros locais para que se dispersem e não façam aglomerações. Elas colocam em risco a saúde e a vida das pessoas”, assegurou.

PARCERIA COM A INICIATIVA PRIVADA

No mesmo encontro com a imprensa, o governador noticiou a arrecadação de R$ 367,6 milhões em doações da iniciativa privada, angariados durante reuniões de João Dória com o Grupo Empresarial Solidário, que serão destinados ao enfrentamento da pandemia de coronavírus.

Além de valores em dinheiro, 83 empresas e pessoas físicas contribuiriam com a doação de alimentos e itens para saúde, higiene e limpeza, além de serviços que vão desde transportes até oferta de leitos em hospitais privados.

VEJA QUEM SÃO AS EMPRESAS QUE REALIZARAM DOAÇÃO

 

 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.